sexta-feira, março 24, 2006

Vida longa para os Macs

Quem tem Macs em casa ou no trabalho sabe que são máquinas que aguentam o tranco por muito tempo. Além do mais, é sempre complicado se desfazer de um, porque em geral macmaníacos tem uma relação quase afetiva com suas máquinas (essa relação inclusive salvou a Apple muitas vezes...). Em casa, tudo começou com um Mac SE , em 1989. Na época, tínhamos mouse e interface gráfica enquanto boa parte do mundo usava o DOS. Depois, tivemos um Performa 6300, que na época (1994) já estava ficando fora de linha. Também tivemos dois laptops: um PowerBook 140 e um PowerBook 5300. Hoje temos um iMac G3 e dois iBooks, e em breve, um MacBookPro.
Os laptops mais antigos jáo não existem mais, mas aguentaram o tranco quase 8 anos. Já o Performa e o SE estão firmes e fortes em casa. Obviamente, os softwares de hoje não podem ser executados nessas máquinas, mas elas ainda podem servir para coisas como terminal internet, jogos clássicos, editor simples de texto, ou até mesmo avançado (caso use programas como Latex), bases de dados para o dia a dia....tudo depende das características da máquina e do dono. Foi com o intuito de tentar recuperar algumas dessas máquinas que eu descobri um site bem interessante, o Low End Mac, que contém uma lista de todos os modelos de Macs, com características técnicas e upgrades possíveis, fabricantes e lojas de hardware onde é possível encontrar material, além de artigos e forum de trocas e vendas de máquinas. Foi lá que eu descobri entre outras coisas que era possível fazer upgrade do processador do meu iMac (que eu fiz, prolongando bastante sua vida realmente útil) e do SE, e também encontrei uma loja que vende memória para o SE ($1 dolar o pente) e um fabricante que faz leitor de DVD embutido para meu iMac.


0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home